Berlim, Alemanha, Munique, Frankfurt, O que fazer, Alugar Carro, Clima, Compras, Onde Ficar

 


Visita ao Judisches Museum


Saiba como visitar o Museu Judaico de Berlim, com informações sobre sua história, partes que compõem o museu e informações de horários e ingressos. Este famoso museu conta a história do povo judeu durante dois milênios. Ele é o maior museu judaico de toda a Europa e desde que abriu, em 2001, ele se tornou um dos museus mais visitados da cidade. É um ponto turístico muito interessante, assim como o Memorial do Holocausto em Berlim, pois ambos se complementam quanto à história do povo judeu na Alemanha.

Museu Judaico de Berlim

E se você está planejando viajar para lá, não deixe de conferir também as dicas imperdíveis de como economizar muito em Berlim e na Alemanha. São dicas muito boas, que valem a pena, e vão fazer você economizar muito em todo o planejamento da viagem e quando estiver lá. Sua viagem à Alemanha vai sair mais barata do que imaginava e você poderá gastar mais para aproveitar ainda mais sua viagem. Agora veja tudo sobre o Museu Judaico de Berlim.

História do Museu Judaico

O Museu Judaico foi fundando em 1933 na Oranienurguer Strabe, no entanto, em 1938 foi encerrado pelo regime nazista. Ele abriu novamente em 2001, e até hoje conta a história das relações entre judeus e alemães, e entre judeus e não-judeus, ao longo de dois milênios. O prédio se divide em dois, um prédio velho onde ficam as exposições temporárias, loja, caixa e restaurante e outro prédio moderno onde ficam as exposições permanentes. No entanto, os dois prédios são conectados por uma passagem subterrânea, uma vez que só há entrada pelo prédio antigo. 

Prédio do Museu Judaico em Berlim

Partes do Museu Judaico

A arquitetura do prédio novo é incrível, com forma em ziguezague e que mostra duas linhas de pensamento. Há cinco corredores que vão desde o andar mais baixo ao mais alto, chamados de Void (espaços vazios). Eles significam o vazio deixado após a grande destruição na vida dos judeus. Há inclusive uma parte com 10 mil rostos de ferro e que fazem barulhos quando são pisados. Depois, há também vários Eixos, que simbolizam três diferentes realidades dos judeus na Alemanha.

Arquitetura do Museu Judaico em Berlim

Eixo do Holocausto

É um caminho que vai de espaçoso e claro até estreito e escuro, onde no final fica a Torre do Holocausto, uma sala fria e fechada onde apenas há um feixe de luz no alto. Há também vitrines com objetos da época e fotos de pessoas que emigraram ou que foram para o campo de concentração.

Eixo do Holocausto no Museu Judaico em Berlim

Eixo do Exílio

É onde fica o Jardim do Exílio, um espaço composto por 49 blocos de concreto com uma grande inclinação, a fim de mostrar a irregularidade e desorientação dos judeus ao serem expulsos da Alemanha. No topo de cada concreto há o símbolo da esperança, representado pelas plantas que nascem no concreto. 

Eixo do Exílio no Museu Judaico em Berlim

Eixo da Continuidade

Este último eixo é o mais longo, com uma escadaria alta e peças de concreto que se cruzam até o andar superior. Este eixo dá a entender que a história continua. É aqui que fica a exposição permanente, contando a história dos judeus. 
Eixo da Continuidade no Museu Judaico em Berlim

Informações do Museu Judaico

O Museu fica na Lindenstrabe, 9-14. Abre de terça a domingo das 10h às 20h e às segundas das 10h às 22h. Ele fecha no dia 24 de dezembro e nos feriados judaicos. A entrada custa 8 euros para adultos. Crianças até 6 anos não pagam e a entrada reduzida custa 3 euros. Para chegar, você pode utilizar o metrô pela linha U1 e U6 sair na estação Hallesches Tor ou na linha U6 sair também na Kochstrasse. De ônibus, utlize a linha 248 e saia na parada Jüdisches Museum.

Fachada do Museu Judaico em Berlim

Ingressos das atrações e passeios mais baratos

Uma dica para economizar com a compra dos passeios e ingressos de Berlim é comprar os ingressos antes pela Internet, que além de serem sempre mais baratos, você economiza um bom tempo que perderia nas filas das bilheterias e já viaja com os ingressos em mãos. Um site legal que nós sempre utilizamos é esse Site de Ingressos da Europa que vende ingressos para os principais pontos turísticos e passeios de Berlim, Alemanha e de toda a Europa. Eles são um dos maiores vendedores de ingressos de passeios e pontos turísticos de todas as cidades do mundo, o site está em português e o bom é que você compra todos os seus ingressos em um único lugar, ao invés de ficar comprando no site de cada atração. É muito mais prático, você tem um atendimento excelente para resolver qualquer problema ou dúvida que tiver e os preços são ótimos e muitas vezes mais barato do que no próprio site da atração. Facilitou bastante nossas viagens e ajudou a economizar tempo e dinheiro. Se prepare, pois as opções de passeios são enormes e dá vontade de fazer todos. Depois de comprar, você recebe por e-mail o voucher e todas as informações. Os passeios de Berlim que mais indicamos são os museus da Ilha dos Museus, o museu de cera Madame Tussauds, subir na Torre de TV e subir no Panorama Punkt, que são os principais pontos turísticos e você pegaria filas enormes comprando o ingresso lá em Berlim e pagaria um pouco mais caro. O ônibus turístico Hop On Hop Off é excelente para se locomover lá em Berlim e conhecer a cidade inteira, pois ele vai parando nos principais lugares e você pode ficar por lá e pegar outro depois. Eles vendem também o Berlim Pass, que se você achar que vale a pena, pode ajudar a economizar um bom dinheiro e dá entrada em várias atrações.

Não esqueça o seguro viagem obrigatório para Europa

Agora que você já sabe tudo sobre o Museu Judaico de Berlim, uma dica importantíssima que reforçamos para todos que estão planejando ir à qualquer país da Europa é que não se esqueça que fazer um Seguro Viagem Internacional é obrigatório para viajar para lá. Veja nossa matéria de Seguro Viagem para Europa com tudo o que você precisa saber sobre o assunto, quais são os melhores seguros e dicas para fazer um excelente seguro por um preço incrível economizando muito.

Dica para usar o celular à vontade em Berlim e na Europa

Poder usar seu celular em Berlim, na Alemanha, na Europa e em qualquer outro lugar do mundo é ótimo, pois ele acaba sendo muito útil. Você pode usar os aplicativos dos pontos turísticos, parques e museus de Berlim que são ótimos, os aplicativos de cupons de desconto, se for alugar um carro você economiza uns 100 euros por não precisar alugar um GPS pois poderá usar o do celular, pode pesquisar os endereços e horários dos lugares, ver a previsão do tempo para se planejar para os passeios e lógico ficar conectado com todo mundo através de aplicativos e postar suas fotos da viagem à Alemanha nas redes sociais. Se quiser, veja nossas dicas de como usar o celular à vontade na Europa. É super barato e você vai poder usar seu celular o dia inteiro e em qualquer lugar. E usando a internet do seu celular você poderá pesquisar tudo sobre o Museu Judaico de Berlim quando estiver lá.

Dica para usar o celular à vontade em Berlim e na Europa

Dicas para aproveitar melhor sua viagem a Berlim

Agora que você já viu tudo sobre o Museu Judaico de Berlim, uma dica legal e que faz a diferença na viagem à Berlim é escolher bem a localização do seu hotel e se hospedar perto das atrações turísticas. A cidade é grande e ficando bem localizado você vai aproveitar muito mais e gastar muito menos tempo e dinheiro se deslocando até os lugares. Se quiser, veja nossa matéria de onde ficar em Berlim, que lá tem as dicas das melhores regiões para se hospedar e também de como conseguir um ótimo hotel por um preço excelente (e achar hotéis excelentes em promoção nessas regiões que são super disputadas). Vale a pena caprichar na reserva do hotel em Berlim. 

Dicas para aproveitar melhor sua viagem a Berlim

Uma dica legal é que os pontos turísticos, outlets e algumas cidades vizinhas são um pouco afastadas, e alugar um carro em Berlim é um ótimo negócio. E a Alemanha é linda para ser explorada de carro e além de ter muito mais facilidade para conhecer os pontos turísticos da própria cidade, você pode fazer a bela viagem até Munique, Frankfurt, Bruxelas ou Amsterdã. Além das estradas serem lindas, super seguras e das cidades que ficam no meio serem vilarejos bem legais de conhecer, na Alemanha estão as famosas Autobahns, que são as estradas que não tem limite de velocidade e quem gosta de dirigir pode ter uma experiência incrível. Se quiser, veja nossa matéria de aluguel de carros em Berlim e na Alemanha com tudo o que você precisa saber sobre o assunto, dicas incríveis e comparadores de preços excelentes para economizar muito alugando um ótimo carro.

Veja outras matérias imperdíveis de Berlim:

O que fazer em Berlim: Principais atrações, passeios e lugares de Berlim.
Dicas para andar de trem na Europa: Melhores empresas, trajetos, onde comprar passagens super baratas e todas as dicas.

Postar um comentário

 
Top